29.12.16

Resenha de Série #2: Van Helsing (primeira temporada)

Dirigida por: Amanda Tapping, Michael Nankin e outros.
Escrita por: Karen Lam, Shevon Singh, Neil LaBute, Simon Barry, Jakie May e outros.
Ano: 2016
Elenco: Kelly Overton (Vanessa), Vincente Gale (Flesh), Trezzo Mahoro (Mohammad), Christopher Heyerdahl (Sam), Rukiya Bernard (Doc), Hilary Jardine (Susan), Aleks Paunovic (Julius), Jonathan Scarfe (Axel), David Cubitt (John), Laura Mennell (Rebecca), Paul Johansson (Dmitri) e outros.
IMDb
Nota: 4,5/5

Resenha:
Oi, sou eu. Sim, de novo. Já cansados de mim? ehehe
A série já começa com vampiros invadindo um hospital, onde estavam Axel, um militar, e uma moça adormecida - que não fazemos ideia ainda, mas que é Vanessa. Axel faz o seu melhor, mas são muitos e Vanessa é mordida e quando isso acontece, ela acorda num frenesi e mata vários vampiros, enquanto o que a havia mordido parece ter sido envenenado.
Nos primeiros episódios a situação do mundo é explicada à Vanessa: três anos atrás uma super erupção vulcânica, o céu fica coberto de cinzas e isso permite que os vampiros andem à solta pelo mundo e isso faz com que a população deles aumente rapidamente, tome controle e assim provocando uma situação de apocalípse, onde a humanidade está quase toda extinta ou presa.
Dmitri e Rebecca
Pouco antes dessa erupção, Axel é enviado junto com uma equipe militar para o hospital onde Vanessa estava, com o objetivo de escoltar seu corpo para uma instalação militar, mas isso acaba não acontecendo devido ao apocalipse e eles ficam no hospital esperando novas ordens. Seis meses antes do início da série, por assim dizer, os militares restantes no hospital vão procurar seus superiores, deixando  Axel, a doutora e, bem, o cadáver de Vanessa, que após dois anos e meio ainda está em perfeitas condições. O problema é que os vampiros quase invadem o hospital quando essa equipe de busca está saindo e Doc é mordida, mas Axel a mantém viva com seu próprio sangue, seguindo as ordens de manter Doc a salvo. Bem, tão a salvo quanto possível.
Parte do grupo de sobreviventes que chega no hospital
O problema é que a chegada desse ataque vampiro do início da série coincidiu não só com a volta de um dos colegas de Axel, como também com a chegada de um grupo de sobreviventes. E, para complicar um pouco a mais, Vanessa está acordada, não sabe que se passaram três anos, não sabe porque é especial o bastante para que o Exército tivesse interesse nela e só quer saber de encontrar sua filha, que tinha 10 anos quando o apocalipse aconteceu.
Como em qualquer obra pós-apocaliptica, nós vamos ter algumas coisas em comum: vários grupos de sobreviventes, atritos entre eles, a dificuldade de sobrevivência, muitas mortes e muitas cenas de ação... Mas acho que Van helsing é a primeira série distópica sobre vampiros que eu realmente gosto, sabe?
Os personagens são super cativantes e você passa todos os episódios sem saber em quem você pode confiar, curioso com o passado deles e de uma forma geral, nutrindo uma relação de amor e ódio com eles (alguns mais ódio que amor, é verdade).
Além disso, achei super criativa a forma como os autores explicaram o fato dos vampiros poderem andar livremente sobre a terra, assim como gostei muito mesmo dos vampiros. Você conhece três tipos: os que como Dmitri são sanguinários, mas sãos e conseguem se comunicar e etc, como os vampiros clássicos; os ferais, que são animalizados, não se comunicam e, bem, são como zumbis; e por fim, um tipo de vampiro que deu terrivelmente errado e que todos os outros tem a sabedoria de evitar. Não vou contar exatamente por que cada tipo existe, uma vez que foi uma coisa que me manteve muito curiosa conforme eu assistia essa temporada e que só foi explicado no fim.
Um vampiro feral
A série é cheia de reviravoltas, ação e traições, mas o mais legal é que você descobre no fim que o buraco é muito mais embaixo do que você julgaria pelo início da série. Eu sinceramente a recomendo.

12 comentários:

  1. Oi Fernanda,
    Essa série está na minha lista da Netflix, quero ver se assisto ainda esse ano, hein?
    Adorei a dica! Conheci o blog hoje e já estou seguindo.
    Beijo e feliz 2017
    http://estante-da-ale.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Pode assistir sem medo!!

      hahahaha

      Obrigada! Um ótimo 2017 pra você também!

      Excluir
  2. Adoreiii, vai pra minha lista, com certeza!

    ResponderExcluir
  3. Adoro as mitologias de vampiros, e a historia do Van Helsing é uma das melhores, quando descobri essa série sobre a filha dele fiquei super curioso para ver logo, mas prometi a mim mesmo que só começaria uma série nova ser terminasse 10 das que eu vejo (eu devo acompanhar em torno de 90 séries, sem mentira - e sim, tenho vida social, um pouco kkkk) então ela tá na minha lista

    Abraços
    http://www.desconstruindooverbo.com.br

    ResponderExcluir
  4. Olá, tudo bem por aí?

    Nossa, eu não sabia que essa série era tão boa assim. Vou adicioná-la na minha lista, com certeza! Obrigado pela dica.

    Feliz 2017, abraços!
    www.acampamentodaleitura.com

    ResponderExcluir
  5. Olá =) Já tinha visto fotos dessa série mais nunca tinha parado para ler sobre ela ou para assistir ela. Gosto de série com vampiro então já é um ponto positivo, saber que tem muitas reviravoltas e é muito mais que imaginava me anima a ver. Dica anotada. Beijos'

    ResponderExcluir
  6. Olá... tudo bem???
    Muito interessante sua análise sobre a série... confesso que quando eu entro no netflix ela está estampada me chamando... confesso que não tinha o menor interesse, mas coloquei na minha lista... gostei de tudo que li aqui e o mínimo que posso fazer é dar uma chance. Xero!

    ResponderExcluir
  7. Olá!
    Então, van helsing tem várias adaptações ne... pra ser sincera eu não gosto de nenhuma... uma amiga até veio falar "ei, vamos ver van helsing... ah vc tem medo ne, então deixa" e eu disse que nem medo da, de tão indiferente :/
    bjss

    ResponderExcluir
  8. Olá! Apesar de ter curtido sua análise da série, não me chamou tanto a atenção a ponto de assisti-la, pois não curto muito vampiros... Deixo a dica passar, sucesso, beijo!

    http://albumdeleitura.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  9. Olá, que bacana, eu conheço a história, mas não sabia sobre a série...falando em séries, eu sou uma negação, não consigo acompanhar...não tenho paciência para ficar esperando novos episódios e aqueles hiatos então, affff.

    Abraços

    ResponderExcluir
  10. Oiee Fer ^^
    Eu tinha visto o banner dessa série no site onde vejo as minhas, e até fiz a minha mãe ver um episódio para ela me dizer se era bom ou não (mamis é a cobaia das séries...haha'), mas ela não curtiu muito, então eu fiquei receosa se deveria ou não ver *-* Parece ser interessante e tals, mas eu não gosto de vampiros kkkk'
    MilkMilks ♥

    ResponderExcluir
  11. Oi Fer
    Estou acompanhando a série e ela para mim não é nada disso.
    Achei ela muito fraca, os personagens são completamente estúpidos, demoram a entender coisas simples.
    A gravação do seriado é bem chula mesmo nem parece que são os mesmos produtores de Sense8.
    Para mim foi uma decepção total, o filme é bem melhor.
    Beijuh

    ResponderExcluir

Ficamos muito felizes com seu comentário :)